Translate translator 翻訳 Переводчик


Por ti darei a vida
António Gallobar

Tantos e bons anos a lado a lado
Partilhando uma quimera escondida
Fortalece este amor, até à morte
por ti mostro o peito e dou a vida

Sei de cor o teu cheiro, os teus gostos
o que dizes o que sentes, sabes bem o que eu digo
Conheço de cor os teus sonhos e anseios
um cúmplice olhar basta, para me entender contigo

O amor é assim, simples e puro
é como o ar fresco que respiro
o meu sol, que me alumia no escuro

E por essa luz encantada me deixarei guiar
passo a passo até ao meu último suspiro
dar-te-ei um beijo, e me deixarei afogar

15 comentários:

amor y libertad disse...

la libertad es el sol en la distancia y en lo presente

Francisco disse...

Meu amigo!

Que poema apaixonado...e apaixonante!

Um abraço!

CPDL disse...

Simplesmente sem palavras.
Grande texto amigo. Abraço
Renato

Pleiba disse...

Caraca!!! que poema Antonio ;o

Vida bela com um senso de paixão, sem comentário Brother :)

Um forte abraço

Delirius disse...

Oh António, que lindo este teu poema! Tem tanto amor, daquele a sério!
Gostei muito, sobretudo de:
"conheço de cor os teus sonhos e anseios, um cumplice olhar basta, para me entender contigo"
Beijo, amigo!

6º A Escola Vieira de Carvalho - Maia disse...

Obrigado pela simpática visita... Irá ser sempre retribuída...
Tudo de bom e muitos cumprimentos do nosso Portugal.
A turma do 6º A

Alvaro Oliveira disse...

Amigo António...

Este poema é transbordante
de amor. É sublime.

Um grande abraço

Alvaro Oliveira

Maria Emília disse...

Olá António,
Escrevendo poesia dizem-se muitas verdades sentidas. O meu marido não escreve, a sua arte é outra e, não querendo entrar aqui em intimidades, o seu poema recordou-me uma frase que ele um dia me disse: "Tu é o meu farol, se te apagas fico às escuras".
Um abraço,
Maria Emília

L.N.J. disse...

Es curioso como creemos que daríamos la vida por otra persona, a veces.
Y cuando pasa el tiempo, nos damos cuenta, que en el amor, cuando se dá la vida; es cuando precisamente no se ama. Al menos desde mi punto de vista.

" O amor é assim, simples e puro ".

Saludos.

Marina-Emer disse...

Hola muy bonito poema y el fina ya bueno te dejas ahogar
besos
Marina

Dona Poesia disse...

Olá, amigo d'além mar:

Estou sempre aqui, lendo vc, viu?
Sobre o dia das mães, aqui no Brasil sempre é comemorado no segundo domingo de maio, justamente porque existe o primeiro de maio, que é o dia do trabalhador, aqui no Brasil.De vez em quando ocorre do dia primeiro de maio cair em um domingo, certo? Então, para que não aconteça das duas festividades caírem no mesmo dia, foi decidido assim; sempre o segundo domingo de maio, fica reservado às mães.
Não sei como é nos outros países.
big abraço

Jay Dee disse...

Acho muito bonito.

Beijo

Joana

stella disse...

Buona domenica con i Ferrero rocher.
Un abbraccio.

lagrima disse...

És querido, António. Obrigada pelo comentário. Já estava a sentir a tua falta no meu cantinho.
Brigada.
Beijinho :)

JC disse...

Belo poema. Cheio de paixão. De amor intenso.
Assim se mostra quanto amamos alguém.
Um abraço