Translate translator 翻訳 Переводчик

Contador de visitas

contador de visitas

Dia da Mãe

3 de Maio (Próximo Domingo)
É obrigatório oferecer-lhe uma flor,
ela vai ficar muito feliz.
Mãe

De tudo o que há no mundo de mais certo
é contigo que eu conto, sempre que a mão me fugir
És um oásis, água fresca no deserto
se a solidão na minha vida teimar em não partir

Só mesmo tu minha mãe, que me carregaste no ventre
Sonhaste-me e imaginaste como eu haveria de ser
me carregas ao colo e me fazes sentir gente
secas as minhas lágrimas, e eu me volto a erguer


Meu Anjo da Guarda, quando o mundo desaba
por mim perdes o sono, por mim velas
o teu beijo acalma angustias e a minha dor acaba

Contigo sei que o futuro me sorri
o teu sorriso acalma as estrelas
querida mãe mil beijos, são poucos para ti.

António Gallobar

13 comentários:

lagrima disse...

De lágrima no olho te digo que amei este poema, por ser lindo com palavras tão simples. A beleza da vida está mesmo nas coisas mais simples.
Gostei particularmente disto:

"contigo sei que o futuro me sorri
o teu sorriso acalma as estrelas
querida mãe mil beijos, são poucos para ti."

Parabéns, amigo.
Beijo

Francisco disse...

É verdade! Mil beijos para a nossa mãe é muito pouco.
Mesmo quando não à temos mais perto de nós, devemos comemorar o Dia delas, com boas lembranças e carinho.
Um grande abraço, meu amigo.

Alvaro Oliveira disse...

Muito bonito eswte
poema à mãe.

Parabéns amigo António

Alvaro Oliveira

amor y libertad disse...

que el amor dure siempre

CPDL disse...

Com palavras não se consegue descrever o quanto adoro vir visitar o seu blog e ler estas escritas que o amigo publica aqui.
Os meus sinceros parabéns e um grande abraço e bom fds.

stella disse...

Ciao.
Anche il tuo è un bel blog.
L'amore della mamma è eterno!

Mr Lee disse...

Hi,António Gallobar
Good to hear from you.Let's keep in touch.We hope you can give us some ideas about our works.Have a happy weekend.

L.N.J. disse...

Qué dulce es la imaginación, no entiendo apenas nada. Pero la imagen y algunas palabras tuyas rebozan de por sí dulzura, tratándose del día de la madre.

Saludos.

Marina-Emer disse...

Es verdad "de todo lo que hay en el mundo más cierto"
la (MADRE)somos un trocito de ella.
VEO QUE TU TAMBIEN ENTENDISTE MUY BIEN DEL MAR MI POESIA.
Me alegra visitar tu blog
Abrazos
Marina

Bruxinhachellot disse...

Aqui é todo segundo domingo de maio. Mil beijos são poucos para quem mais nos amou. Lindo soneto em homenagem as mães.

Beijos doces de seu sabor preferido.

diana disse...

la madre, quella che è Madre, è amore immenso, conforto, spinta e a volte severità.La Madre è madre per sempre e non si invecchia mai davanti a lei. ho letto ieri della rivoluzione del 25 aprile nel tuo Paese, eri un ragazzino.. mi ha così colpito questa storia a me sconosciuta, che ne ho parlato con mio marito e i miei bambini e di questo ti ringrazio. la tua esperienza ci ha insegnato.
molto ben scritto, vorrei sapere il portoghese per leggere senza traduzione!
Buona giornata!

Adriana Godoy disse...

"Vou abrir as portas, mais uma vez pode entrar, é dia das mães, eu resolvi lhe perdoar". Chico Buarque.

Percorri seus blogs e lhe digo parabéns pela qualidade e sentimentos que inspiram. Beijo.

drugi krok w chmurach disse...

Obrigada para artigos palavras. Super a mim tu próprio apoiante para fotos também lido cortinado. Cumprimentar.