translator 翻訳 Переводчик




Hoje vou abrir o baile…

Olho pelo canto do olho
sinto-me um autentico rei,
vendo-te a meu lado…
levanto a cabeça garboso
embevecido, quase enamorado
vou finalmente ter a honra de abrir o baile
sinto-me lisonjeado como se bailasse em Viena
ao som da mais bela valsa
da mais refinada orquestra,
olho para ti e vejo que tudo faz sentido
e tudo valeu a pena

Dá-me a tua mão e vem comigo bailar
esta noite serás a rainha
o teu brilho a sala vai calar
todos querem, o que não podem ter
Pois tu és minha…
sinto que escolhi a mais bela
cheia de esplendor
para ser o meu amor,
a minha eleita o meu viver

Hoje vou ser o mestre-sala
o meu melhor fato de gala vestir
vou voar como num sonho
rodopiando em pontas
e vou finalmente ser feliz
vendo o teu belo sorriso
e o que estarás a sentir

António Gallobar





4 comentários:

Emanuel Azevedo disse...

Há algo de muito especial no que escreves.
Um trabalho fantástico,
Parabéns e um abraço da Ilha Terceira.

Huma Senhora disse...

Muito bonita a sua dança.
Um abraço

João MC Santos disse...

Adorei ler estes poemas e textos.És para além dum excelente poeta um grande escritor de prosa.
Abraço António

águia_livre disse...

Grande poema.

Profundo onde o amor está presente.

Um abraço
.