Translate translator 翻訳 Переводчик

Um pequeno detalhe

Um pequeno detalhe
(No dia mundial da Poesia)


Qual Fénix se levanta
no breu desta existência incerta
adiam-se sonhos perdidos
deixa-se a porta entreaberta?

Na leveza do teu ser
Deixa um pensamento voar...

Almas penadas, tristes dizem
desiste! não tens futuro.
Vejo-te vegetando sem tacto
Deambulando no escuro.

E nessa cegueira imprudente
Estou quase a dar-lhes razão
.

Sim! Que pobre és
até os sonhos te tiraram
desencantado o destino
que incertezas mascaram.

E nessa estranha leveza
Deixa o corpo acordar…

2 comentários:

DIABINHOSFORA disse...

"Que pobre és
até os sonhos te tiraram..."

Haja o que houver, nunca queiram ser tão pobres assim. Nunca permitam que lhes roubem os sonhos!
Belo post António. Um beijinho e obrigada pelo seu carinho em relação ao meu blog.

MM

Maria João disse...

António

Que estranha leveza em tamanho pesadelo...

Passe por Mimos& Selos
http://mimoseselos.blogspot.com/

Um abraço