Translate translator 翻訳 Переводчик

S. Valentim





.
Dedico este trabalho à minha querida esposa no dia de S. valentim, com muito amor à minha eterna namorada.

8 comentários:

Mariazita disse...

Hoje não vou comentar. Voltarei para o fazer.
Esta passagem rapidinha é só para dizer que amanhã - agora já é amanhã :) - domingo, dia 14,
A CASA DA MARIQUINHAS
completa dois anos de vida.
Gostaria de contar com a tua presença. Tem presentinho para trazer...

Uma noite feliz.

Beijinhos
Mariazita

Maria João disse...

Sendo relativamente recente, esta comemoração do dia de São Valentim ou dia dos namorados, e colocando de parte todo o interesse comercial que lhe está inerente,tal, tem feito com que todos as pessoas festejem num dia e das mais variadas formas, o facto de amarem e serem amadas.
Que este dia se repita em todos os outros da vida de cada um, nos momentos complexos e também nos momentos mais simples.
Este poema que dedicas, naturalmente, à tua esposa é tão bonito... e sabes porquê? Porque não são precisas muitas palavras para dizer o que é realmente belo: O Amor!

Um beijinho e um excelente dia para os dois

Maga di Endor disse...

Y "su poema muy hermoso, delicado y sensible, como gentile.Arrivederci su estado de ánimo
adiós
by Lilly

stella disse...

Grazie della visita.
Buon San Valentino anche a te!

Lídia Borges disse...

Uma dedicatória muito romântica neste Dia de S. Valentim.

L.B.

Teresa disse...

António
Obrigada pela sua visita, vim retribuir e descobri que alguns amigos comuns: a Maria João, a Chica, e quem sabe quem mais. Também gosto muito de escrever, embora não poesia; a poesia só gosto de saborear, feita por quem a sabe fazer. Por isso gostei do seu espaço. E vou voltar.
Se quiser, visite também o meu blogue oculosdomundo.blogspot.com. Aí, coloco os meus textos e outros que não são meus, mas de que gosto, escrevo as minhas impressões do mundo e converso com os meus amigos.
Volte sempre.

Ana Martins disse...

Lindoooooooooooo, parabéns!

Beijinhos,
Ana Martins

Maria Emília disse...

Muitas pessoas acham "piroso" dizer "Eu amo-te". O que é verdadeiramente piroso é não ter a capacidade de pronunciar estas palavras, verdadeiramente sentidas, e sem que a paixão tenha que estar envolvida.
Um beijinho,
Maria Emília