Translate translator 翻訳 Переводчик

Um poema para o meu amor



Alma minha

Deste corpo sôfrego a morrer
A tua ausência é solidão
Tudo é triste sem te ver

Quero e não te tenho
Pressinto que não vens
Continuo á espera
Só ouço risos e desdéns




António Gallobar

Sem comentários: