Translate translator 翻訳 Переводчик

A vida que se foi

Devagar vi a vida que se foi
exangue sem forças resignei
a vida acabou perdendo vigor
uma sombra do que fui, fiquei

Lentamente vi que partes
da minha vida do meu ser
renovar a esperança do que era, para quê?
se jamais te irei ter

E nesta loucura me deito
sonhando na vida que parte
desiludido e desfeito

Mas, ainda sofro, e desespero
ver-te fechar a porta e partir
sem ao menos te dizer quanto te quero



António Gallobar 

Sem comentários: