translator 翻訳 Переводчик

O meu lugar

.
.
.
O meu lugar



Dá-me a tua mão e vem
sentir o sal do meu mar na tua boca,
serei o ombro o teu abrigo
eclipse solar
um terramoto
serei o que procuras
para os teus dias do avesso
contigo recuperarei as forças da batalha
embalado pela doce paixão
louco e cego adormeço

Nada mais para além de ti, verei
Perder-me-ei para sempre de amor
pelo teu doce perfume
por esse olhar
vou entrar nesse teu mundo
que me trespassa
e me mata de desejo
que me toca no fundo do meu ser
e me obriga eternamente a te amar…
depois de ver a luz
ainda existe duvidas
hesitando entre o ir ou o ficar
Entre o céu ou o inferno
é tudo o que preciso
encontrei o meu lugar

Partir sem ti, nunca
se és a chama que ilumina
a minha vida
a estrada que me leva mais longe
se sem ti nada sou
não valho nada...
se és tu a loucura

que me deixa atordoado
sem norte
és o meu passaporte
A porta que se abre sorridente
A janela que rasga e me abre os horizontes
O ar que respiro
Fresco e calmo
Onde me acalmo
e tudo faz novamente sentido

E olho com ternura o teu rosto calmo
Tão puro que me atrai e me fascina
Vejo um sorriso de criança
No teu olhar de menina

Sei que és tudo o que preciso
Jamais deixarei de te amar
Na calma do teu sorriso
encontrei o meu lugar

o mundo parou quando te vi
no dia em que cruzaste o meu caminho
e cego de amor, desatino e desalinho

juntos sorriremos vendo o sol se pôr
saboreando o momento, sentindo que soube escolher
A pessoa por quem dou a vida e se preciso for, morrer.









António Gallobar
Dedico este pequeno poema à minha querida esposa que me atura… sem esquecer os amigos que incondicionalmente me apoiam.

13 comentários:

A Senhora disse...

Lindo o poema e a dedicatória.

E para uma mulher, o que mais toca: "serei o que procuras
para os teus dias do avesso". São raros... Raros os que aguentam os nossos dias de avesso. :)

bjs

Lídia Borges disse...

Um bonito poema de amor e reconhecimento!

Parabéns!

Anne Lieri disse...

Antonio,poesia maravilhosa,sensivel declaração de amor!Adorei cada verso!Abraços,

Alvaro Oliveira disse...

Amigo António

Maravilhoso este poema
de um amor sentido.
Te saúdo amigo por este post.

Um abraço

Alvaro

lagrima disse...

Oh António que fantástica declaração de amor!
Linda, linda! Sortuda tua mulher! E tu também!
Parabéns. Adorei ler.

Beijo.

Bruxinhachellot disse...

kkkk
"serei o que procuras
para os teus dias do avesso"
Nesses dias você se tornará o porto seguro de um coração aflito.
Linda poesia e dedicatória.
Beijos doces.

DIABINHOSFORA disse...

Adorei!
Achei linda a dedicatória, poucos têm essa sensibilidade e dedicação!
Parabéns pelas duas coisas.

DIABINHOSFORA disse...

Adorei! O poema e a dedicatória. Poucos têm sensibilidade para o fazer. Acho isso lindo.

Adriana Godoy disse...

Que bela declaração de amor. Sua esposa deve estar feliz. Parabéns. Beijo.

Desnuda disse...

António,

emocionante! Um belo e apaixonado poema para uma bela musa. Há melhor presente do que homenagear quem amamos com um poema? E um poema belíssimo! Parabéns ao casal. Felicidades, sempre!



Carinhos beijo ao casal lindo.

Sonia Schmorantz disse...

Muito bonito!
abraço e bom final de semana

Branca disse...

Que linda declaração! Tudo sempre faz sentido quando amamos assim...


Uma semana cheia de alegrias é o que desejo a você.

Isabel José António disse...

Querido Amigo,

Tem um prémio no nosso blogue OBSERVATÓRIO.

Um abraço,

Isabel José António